sexta-feira , janeiro 18 2019

Homem acusado de matar mulher grávida no sertão da Paraíba, é preso no estado de São Paulo.

Um homem que estava foragido há sete anos foi preso na tarde da segunda-feira (15) na cidade de Franco da Rocha, em São Paulo. Evangelista Oliveira da Silva, de 36 anos, teve a prisão preventiva decretada por suspeita de assassinar com disparos de fogo uma mulher grávida de 7 meses, em Sousa, no Sertão da Paraíba, no ano de 2011.

Segundo o delegado Ilamilton Simplício, a Polícia Civil de Sousa recebeu informações sobre a localização do acusado e fez contato com a Polícia Militar de Franco da Rocha, que realizou a prisão.

Ainda segundo o delegado, Evangelista tinha envolvimento com o tráfico de drogas no Sertão da Paraíba. O alvo dele era o marido da vítima, Claudemir Sarmento, de 23 anos, que fazia parte de um grupo criminoso da região e com quem havia se desentendido.

Luana Maria foi atingida, sem intenção, por um tiro no pescoço, não resistiu e morreu. A equipe médica do Hospital Regional de Sousa ainda tentou salvar a criança que ela esperava, mas o bebê também não resistiu.

O acusado está preso em Franco da Rocha e pode ser transferido para Sousa ou para o Mato Grosso, onde também existe um mandado de prisão contra ele.

Veja Também

Cantor gospel sofre acidente de carro em rodovia do Piaui.

Juliano Son, vocalista da banda gospel Livres, falou em seu perfil no Instagram sobre o ...