terça-feira , setembro 25 2018

Deputada Andrea Murad questiona pronunciamento de parlamentar sobre caso de agressão.

A deputada estadual Andrea Murad (MDB) voltou à tribuna da Assembleia Legislativa, após o pronunciamento do deputado Cabo Campos (DEM), acusado de agredir a esposa, para levantar, novamente, o questionamento sobre a ocorrência. De acordo com ela, o fato ainda não teria sido esclarecido pelo deputado.

“Como disse, eu gosto do deputado Cabo Campos. Não tenho absolutamente nada contra ele. Eu torci muito para que ele viesse a esta tribuna dar uma explicação. Ainda bem que ele veio, mas continuamos sem saber. Cabo Campos bateu ou não bateu na mulher? Agrediu ou não agrediu? Infelizmente, isto não ficou claro. O deputado disse que está sendo julgado, mas não foram feitas acusações vazias”, frisou a deputada.

E prosseguiu: “A Justiça reconheceu a violência contra a esposa. Ela prestou depoimento na polícia e a Justiça decretou medida protetiva. Logo, não foi à toa. Mas esse caso não é meu. É da competência da Comissão de Ética, que deve apreciar o assunto e apurar a conduta do parlamentar, independente da Justiça e do Ministério Público”.

A deputada reforçou o papel da Assembleia Legislativa na repercussão do episódio envolvendo o parlamentar, bem como sua importância na prestação de esclarecimentos, confirmando, assim, a posição da Casa diante do fato, que, segundo ela, pode desgastar a imagem do Poder Legislativo.

“A sociedade merece isso desta Casa ou, então, de nada adianta esta Assembleia. Não estou defendendo uma mulher, mas a situação de várias que enfrentam esse tipo de situação e que não têm o mesmo amparo ágil e resolutivo da justiça, como foi com a mulher de um parlamentar. Infelizmente, as mulheres ficam aguardando as decisões da justiça, e isto, às vezes, demora uma vida inteira”, destacou a parlamentar.

Veja Também

Suspeitos de furto são capturados e homem tenta subornar policiais militares no Maranhão.

Dois homens e uma mulher foram capturados por policiais militares no bairro Angelim, em São ...